PERFORMANCE INDICATORS FOR IMPROVING STOCK MANAGEMENT:

STUDY IN A SMALL RETAIL COMPANY

Autores

  • Rodrigo Loureiro Medeiros Instituto Federal do Espírito Santo - IFES
  • Hugo Favoreto Pereira Instituto Federal do Espírito Santo - IFES
  • Rafael Buback Teixeira Instituto Federal do Espírito Santo - IFES

DOI:

https://doi.org/10.47682/2675-6552.a2022v1n2p54-71

Keywords:

Stock Management, Retail, Continuous Review Model, Economic Order Quantity

Abstract

Competition in markets is increasingly present and fierce on the world stage. Therefore, one of the main difficulties of any company that operates in the retail sector is to have control and balance in the stock without problems. The main objective of this case study is to map the most common inventory management tools in the literature, in addition to suggesting the appropriate management model for the most critical product and comparing it with the one currently used for inventory management in a microenterprise in the retail branch, collaborating to keep the stock constant, bringing greater stability in its management. This case study is based on the analysis of the company's history to identify opportunities for improvement and cost reduction. Through the application of the continuous revision model (System “Q”), the study proposes the adequacy of the assumptions of the products with the greatest impact, such as safety stock, economic purchase lot, replacement point and average quantity of orders. Based on a comparative analysis, it appears that for the studied scenario, the continuous revision system presents a more impactful reduction of the economic purchase lot by 75% for shirts, in addition to the reduction of the replacement point by 63% for shorts, in relation to the system, as well as greater security against stockouts and less variability in stock levels.

Referências

ARNOLD, J. R. Tony.; CHAPMAN, Stephen N. Introduction to materials management, 5 ed. New Jersey: Prentice-Hall, 2004.

BALDAM, Roquemar. Science Mapping (Bibliometria) with R Studio, Bibliometrix and international indexes. Ufes: Vitória, 2021. Disponível em: http://cope.ufes.br. Acesso: 10/05/2022.

CALDEIRA, Jorge. 100 Indicadores da gestão. Coimbra: Actual, 2012.

CORRÊA, H. L., et al Planejamento, programação e controle de produção: MRP II/ ERP: conceitos, uso e implantação: base para SAP, Oracle Applications e outros softwares integrados de gestão.- Henrique L. Corrêa, Irineu G. N. Gianesi, Mauro Caon. – 8 reimp. – São Paulo: Atlas, 2014.

DIAS, Marco Aurélio. Administração de Materiais – uma abordagem logística. 5. ed., São Paulo, Atlas, 2010.

GASPAR, Heloisa. O que é gestão de estoque? 2017. Disponível em: https://www.pwi.com.br/blog/o-que-e-gestao-de-estoque/. Acesso em: 29 jun. 2022.

GONÇALVES, Paulo Ségio. Administração de Materiais. 4. ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013.

MARTINS P.G., ALT P.R.C., Administração de Materiais e Recursos Patrimoniais. 3 ed. São Paulo; Editora Saraiva,2009.

MIGUEL, Paulo Augusto Cauchick. Metodologia de pesquisa em engenharia de produção e gestão de operações. 2.ed. Rio de Janeiro: Elsevier: Associação Brasileira de Engenharia de Produção, 2012.

MOURA, Cássia E. de. Gestão de Estoques. 1ª. Edição. Rio de Janeiro: Editora Ciência Moderna Ltda., 2004.

PAGANI, Regina Negri; KOVALESKI, João Luiz; SILVA, Vander Luiz da. Análise Bibliométrica em Desenvolvimento Regional No Contexto Brasileiro. Goiânia. 2019.

POZO, H. Administração de recursos materiais e patrimoniais: uma abordagem logística, São Paulo: Atlas, 2007.

RITZMAN, L. P., KRAJEWSKI, L. J. Administração da Produção e Operações. Pearson Prentice Hall, 2004.

ROSA, H.; MAYERLE, S. F.; GONÇALVES, M. B. Controle de estoque por revisão contínua e revisão periódica: uma análise comparativa utilizando simulação. Revista Produção, v. 20, n. 4, p. 626-638, 2010.

SANTOS, S. G. Gestão de armazenagem e estoques em Instituição Federal de Ensino Superior: estudo na Universidade Federal de Ouro Preto. 2013.

SILVA, André Augusto Asevedo da et al. A curva ABC como ferramenta auxiliar na eliminação da ruptura e equilíbrio do Fluxo de Caixa: Supermercado Santa Laura Lins. 2008.

SILVA, Bráulio Wilker. Gestão de Estoque: planejamento, execução e controle. João Monlevade: Bws Consultoria, 2019.

SLACK, Nigel et al. Administração da produção. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

TUBINO, Dalvio Ferrari. Planejamento e controle da produção: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

VIANA, João José. Administração de materiais. São Paulo: Atlas S. A. 2002.

Downloads

Publicado

2023-01-28

Como Citar

MEDEIROS, R. L.; PEREIRA, H. F. .; TEIXEIRA, R. B. PERFORMANCE INDICATORS FOR IMPROVING STOCK MANAGEMENT: : STUDY IN A SMALL RETAIL COMPANY. RINTERPAP - Revista Interdisciplinar de Pesquisas Aplicadas, Cariacica (ES), Brasil, v. 1, n. 2, p. 54-71, 2023. DOI: 10.47682/2675-6552.a2022v1n2p54-71. Disponível em: https://journals.sespted.org/rinterpap/article/view/62. Acesso em: 31 jan. 2023.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)