IMPACT OF ACCESS TO FORMAL FINANCING ON THE EMERGENCE AND GROWTH OF SMALL AND MEDIUM-SIZED ENTERPRISES IN THE CITY OF CHIBUTO (2016-2017)

Autores

  • Marisa Iva Abrao Malate Gobeia Escola Superior de Negocios e Empreendedorismo de Chibuto da Universidade Eduardo Modlane
  • Efraime da Graca Armando Gobeia Escola Superior de Negocios e Empreendedorismo de Chibuto da UEM
  • Marcelino de Sousa Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.47682/2675-6552.a2022v1n1p31-54

Keywords:

sources of finance, small and medium enterprises, financing

Abstract

This article aims to assess the impact of access to formal financial systems on the emergence and growth of small and medium-sized companies in the city of Chibuto from 2016 to 2017. The city of Chibuto was selected because it is an easily accessible location and the consequent guarantee dynamics in the information collection process. The research is descriptive, with a mixed approach (qualitative-quantitative), using non-probabilistic methods, based on intentional sampling. Interviews were conducted with the Tax Authority of Chibuto, 2 commercial banks (Millenium BIM and BCI) and 47 small and medium-sized companies were surveyed. Regarding the services offered by traditional banking, most of the interviewed entrepreneurs revealed that they do not adhere to them due to factors related to the cost of capital (high interest rates) and the required requirements. The majority of small and medium enterprises, or about 72% of them, use their own capital to finance their businesses while 28% use alternative sources of financing such as credit unions, Micro-finance, district development fund (FDD) and other unspecified sources as an alternative to traditional banking.

Biografia do Autor

Marisa Iva Abrao Malate Gobeia, Escola Superior de Negocios e Empreendedorismo de Chibuto da Universidade Eduardo Modlane

Docente da UEM-ESNEC, Graduada  em Gestão  de  empresas pela Faculdade de Economia da Universidade Eduardo Mondlane, Pós-graduação em Auditoria e Gestão Empresarial, mestranda em Agronegocios na Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Efraime da Graca Armando Gobeia, Escola Superior de Negocios e Empreendedorismo de Chibuto da UEM

Graduado em Agronomia pela Universidade Eduardo Mondlane de Mocambique. Pos graduado em Gestao e auditoria ambiental pela Universidade Europea del Atlantico da Espanha. Mestrando em Agronegocios pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Referências

ABREU, M. et al. Economia Monetária Financeira. Lisboa, Portugal: Editora Escolar, 2007.

AMBRÓSIO, R. O Microcrédito como instrumento de combate à pobreza em África – o estudo do caso da MOVE,

em Moçambique. 2011. Dissertacao (Mestrado em Ciências Empresariais) - Universidade Técnica de Lisboa

Intituto Superior de Economia e Gestão, [S. l.], 2011.

BANCO DE MOÇAMBIQUE . 2016. Cadernos do Banco de Moçambique: Crédito Bancário., [S. l.], 15 jan. 2016.

BELCHIOR, O. Financiamento PME: Um guia prático no acesso ao crédito para o apoio às Empresas. [S. l.]: .

Texto editores, 2015.

BRANCO, C. Crises económicas e estruturas de acumulação de capital em Moçambique. In CASTEL

BRANCO, C. et al. Desafios para Moçambique 2017. Maputo: Institute of Social and Economic Studies, 2017. p.

164.

CARNEIRO, T. Operações Bancárias. [S. l.: s. n.], 2008.

CLASSENS, S. Access to Financial Services: A Review of the Issues and Public Policy Issues. World Bank

Researcher Observer, 2006.

CORRÊA, C. Apostila de Metodologia da pesquisa científica. Guarantã do Norte – MT, 2013.

COSSA, U. Resíduos sólidos domiciliares: alternativas de destinação e seus impactos socioambientais na cidade

de chibuto/Moçambique. CLIMEP – Climatologia e Estudos da Paisagem, Rio Claro (SP), v. 9, n. 1, p. 68-87, 4

Maio 2016.

GERHARDT, D. T. ; SILVEIRA, T. E. Métodos de pesquisa. Porto Alegre- Editora da UFRGS, 2009.

Gil , A. Métodos e técnica de pesquisa social (6ª ed.). São Paulo: Atlas Editora; 2008.

JOSSEFA, A. L. Determinantes do acesso ao sistema: O caso de Moçambique. 2011. Dissertação (Mestrado em

Economia Monetária e Financeira) - Universidade Técnica de Lisboa Instituto Superior de Economia e Gestão, [s.

L.], 2011.

KOHLER,E. Direito Bancário. Editora Unijai. Brasil. 2012

LLIFFE, J. The African Poor a history. African studies series 58, 1987.

MALEIANE, A. Banca & Finanças: O essencial sobre o sistema financeiro. Indico editores, 2014

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 6.ed. São Paulo: Atlas, 2006.

MARQUES, I. A Evolução do Sistema Bancário Internacional e Seu Impacto Em África "O Caso de

Angola”,2014.

MARTINS A. Manual para elaboração de monografias e dissertações. 2ª edição, São Paulo: Atlas,2000.

MOREIRA, H.; CALEFFE, L. G. Metodologia da pesquisa para o professor pesquisador. 2. ed. Rio de Janeiro:

Lamparina, 2008.

PINHAL, J. Locações: Uma Nova Abordagem. Revisores e Auditores. Portugal ,2010.

SCHARDONG, A. Cooperativa de crédito: instrumento de organização econômica da sociedade. 2ª edição. Porto

Alegre: Rigel, 2013.

SCHIMMELFENIG, F. Cooperativismo de Crédito: Uma Tendência. Vol. 5, 2010.

TAVARES F., PACHECO L., ALMEIDA E. Financiamento das Pequenas e médias empresas: análise das

empresas do distrito do porto em Portugal, 2015.

Downloads

Publicado

2022-07-06

Como Citar

GOBEIA, M. I. A. M.; GOBEIA, E. da G. A.; SOUSA, M. de . IMPACT OF ACCESS TO FORMAL FINANCING ON THE EMERGENCE AND GROWTH OF SMALL AND MEDIUM-SIZED ENTERPRISES IN THE CITY OF CHIBUTO (2016-2017). RINTERPAP - Revista Interdisciplinar de Pesquisas Aplicadas, Cariacica (ES), Brasil, v. 1, n. 1, p. 31-54, 2022. DOI: 10.47682/2675-6552.a2022v1n1p31-54. Disponível em: https://journals.sespted.org/rinterpap/article/view/gobeia-31-54. Acesso em: 5 dez. 2022.